Tecnologia portuguesa sem contacto está a ser procurada a nível mundial

Estudos apontam que as filas têm um impacto direto de 10% no negócio, sendo que este número tem vindo a aumentar consideravelmente devido ao impacto da COVID-19.

sem contacto
- Publicidade -

Chama-se CONTACT-FREE, surge por parte da EDIGMA, empresa com 15 anos de experiência no desenvolvimento de experiências interativas e projetos sinalética digital direcionados a visitantes e clientes, e promete facilitar a vida a muitos negócios.

A EDIGMA garante que o sistema é simples, rápido, robusto e sem contacto, pelo que qualquer pessoa poderá tirar uma senha virtual sem tocar em nada, podendo aguardar protegida no seu espaço ou até no automóvel.

“Os visitantes precisam apenas de um smartphone, enviar um sms ou emitir uma senha virtual através de um QR-Code ou acedendo a um endereço web e, de forma inclusiva, para quem não possuir o equipamento, basta dar instrução ao segurança de loja à entrada, que faz o registo. As chamadas são exibidas num ecrã visível no exterior da loja e também por notificações móveis”, refere Miguel Oliveira, CEO da EDIGMA.

Para os lojistas está garantida uma instalação simples e rápida, sem necessidade de qualquer software ou contratação de equipa externa. Neste caso, apenas é necessário um ecrã com web browser e um smartphone para o colaborador que faz a chamada.

E como esta é uma tecnologia que permite a gestão de filas virtualmente dentro e fora das lojas, promovendo o distanciamento social e garantindo maior proteção de lojistas e clientes, “centenas de empresas no mercado mundial irão instalar o sistema nas próximas duas semanas”, garante Miguel Oliveira.

Estudos apontam que as filas têm um impacto direto de 10% no negócio, sendo que este número tem vindo a aumentar consideravelmente devido ao impacto da COVID-19, pelo que é necessário adotar estas soluções sem contacto.

Fonte:EDIGMA
- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Centro Colombo faz testes gratuitos à COVID-19

O processo está a ser coordenado pelos profissionais de saúde da Farmácia Colombo, que comunica todos os resultados às autoridades competentes.

DGS recomenda realização de testes à COVID-19 em casamentos com mais de 10 pessoas

No caso de eventos de natureza cultural ou desportiva, recomenda-se a testagem sempre que o número de participantes/espectadores seja superior a 1.000, em ambiente aberto, ou superior a 500, em ambiente fechado.

Uber junta-se à Unilabs para testes de rastreio à COVID-19 no domicílio

Essencialmente, um motorista Uber irá levar um técnico de colheitas devidamente habilitado da Unilabs ao domicílio de um cliente que tenha requisitado o serviço, com equipamento de proteção individual para a recolha da amostra.

Este tapete desinfeta eficazmente os nossos sapatos contra a COVID-19

O Safecarpet está disponível em vários tamanhos, com preços a partir dos 48€.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Afinal, os bares podem funcionar já a partir de 1 de agosto

Desde que apliquem as regras dos restaurantes.

Governo anuncia três fases para a “libertação”. Discotecas poderão voltar a funcionar em outubro

Espera-se que, em finais de outubro, 85% da população portuguesa esteja totalmente vacinada.

Trust coloca o jogo nas nossas mãos com dois novos ratos

Conheçam o GXT 922 Ybar e o GXT 131 Ranoo.