Depois do MB Way, começam as burlas no MB Phone?

Parece que, os burlões, lembraram-se da existência de outra app para roubar dinheiro.

- Publicidade -

Por incrível que pareça, este artigo não é dedicado ao MB Way, mas sim ao MB Phone, serviço que permite efetuar no telemóvel algumas das operações que habitualmente se efetuam nas caixas ATM.

Ora, e numa altura em que os esquemas MB Way são cada vez mais conhecidos (embora todos os existem surjam novas vítimas de roubo), parece que os burlões se lembraram da existência do MB Phone para roubar mais dinheiro.

Se virem o vídeo que deixámos aqui em cima, carregado no Youtube pelo youtuber Hugo Medeiros, irão reparar que o funcionamento do esquema é semelhante: ir a uma caixa Multibanco, selecionar “Outras Operações”, escolher a opção “MB Phone”, indicar o número de telemóvel (neste caso o burlão pede à vítima para inserir um outro número), indicar a operadora e, por fim, definir o código pessoal de acesso ao serviço.

Ao fazer isto, a vítima está a associar o serviço MB Phone da sua conta bancária ao telemóvel do burlão, dando-lhe, por exemplo, a possibilidade efetuar carregamentos de telemóveis (pré-pagos), pagamentos de serviços, consultas de saldos e movimentos bancários, consultas de NIB, pedidos de livros de cheques e transferência entre contas associadas.

Mesmo que pouca gente utilize o MB Phone, isso não significa nada. Ao realizarmos a adesão, estamos a dar acesso à nossa conta bancária. Por isso, muito cuidado.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Youtuber português denuncia burlas e esquemas da Internet

Hugo Medeiros, também conhecido no mundo online como MedHug, fala sem papas na língua.

MB Way lança vídeo no YouTube sobre como evitar burlas

Mas há quem não esteja satisfeito com esta demora.

Os burlões do MB Way estão cada vez mais astutos

Ou seja, agora já nem pedem à vítima para inserir um número de telemóvel diferente.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

LENNA. Nova marca aposta em sapatos vegan, sustentáveis e feitos em Portugal

Na verdade, trata-se de uma fusão entre alpercatas e ténis. E é bem provável que tenhamos aqui a sensação do verão.