Pagamentos contactless até 50€ sem necessidade de PIN passam a ser permanentes

A informação é confirmada pelo Banco de Portugal.

pagamentos contactless

Em março, quando todos nós nos encontrávamos em confinamento, com as saídas de casa a serem efetuadas somente para o estritamente necessário, o Banco de Portugal anunciava que os pagamentos contactless já não iriam precisar de PIN em compras de até 50€.

Pois bem, essa decisão é definitiva.

“Esta alteração surgiu em resposta à evolução da pandemia de COVID-19, num contexto de incentivo ao uso de pagamentos “sem contacto”, e ‘conquistou’ comerciantes e consumidores. Os consumidores passaram a recorrer à tecnologia contactless em cerca de 20% das compras com cartão, praticamente duplicando o nível de utilização existente antes da pandemia”, refere o Banco de Portugal em comunicado oficial.

“Perante o crescimento registado na utilização desta tecnologia, a comunidade bancária nacional, em articulação com o Banco de Portugal e com a SIBS, decidiu, agora, tornar permanente o limite de 50 euros para a realização de pagamentos contactless sem necessidade de introduzir o PIN”, segundo podemos ler no mesmo documento.

Recorde-se que, antes desta alteração, o limite para pagamentos contactless sem necessidade de PIN era de somente 20€.

Fonte:BdP

Sigam-nos

12,216FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
653SeguidoresSeguir

Relacionados

Pagamentos contactless já não vão precisar de PIN em compras de até 50€

Quem tem um cartão de crédito/débito recente, saberá por esta altura que, junto ao chip, está um símbolo que indica que o mesmo está preparado para pagamentos contactless, ou seja, "sem contacto".
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

NOWO está a oferecer 50% de desconto nos seus pacotes de Internet

A redução de preço na mensalidade é válida durante 12 meses. Mas têm que fidelizar-se durante 24 meses para terem acesso a esta benesse.

Crítica – Citizen Kane

Inegavelmente, uma das obras-primas mais magníficas da história. Uma que todos os amantes de cinema devem assistir.