Ainda não há datas para a reabertura de bares e discotecas

Em entrevista à TSF, o primeiro-ministro António Costa diz que estas atividades estão “no último lugar daquelas que poderão reabrir”.

discotecas
- Publicidade -

Pela primeira vez em muito tempo, os portugueses arriscam-se a ter um verão sem discotecas e bares. Quem o disse foi o próprio primeiro-ministro, António Costa, em entrevista à rádio TSF.

Ainda não está no nosso calendário. Temos de ir fazendo de uma forma gradual e começando pelos setores e atividades onde é mais fácil regular e estabelecer normas de afastamento”, disse o responsável àquela rádio.

Poderá o verão de 2020 acontecer com bares e discotecas encerrados? “Se for necessário. Se não for, melhor. Se for, terá de ser. Não podemos pôr em causa o que conseguimos com enorme dificuldade. Só hoje que as famílias é que vão poder começar a visitar os familiares em lares”, assegurou o primeiro-ministro.

“Temos de fazer a reabertura de forma gradual, começando pelas áreas onde é mais fácil cumprir normas de distanciamento”, referiu.

Se pensarmos um pouco, as declarações não são propriamente surpreendentes. Discotecas e bares são locais onde as pessoas convivem e dançam, não existindo possibilidade de distanciamento físico. Além disso, são locais onde a desinibição vem ao de cima, especialmente se as pessoas estiverem alcoolizadas, pelo que segredos ao ouvido, abraços e beijos são uma constante, algo que não convém nesta altura do campeonato.

Mas uma coisa parece ser certa: com tanta medida e tantos cuidados, as noites dificilmente voltarão a ser as mesmas… pelo menos nos próximos tempos.

Em relação aos ginásios, também ainda não há data para reabertura, embora António Costa tenha admitido à TSF que o tema está a ser discutido, de modo a que se encontrem “normas que possam ser garantidas” para não existir excesso de pessoas nos espaços.

Na prática, deverá ser possível ir ao ginásio nos próximos meses. Mas tal não será como antes.

Fonte:TSF
- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Máscaras não vão ser obrigatórias nas discotecas e bares

São obrigatórias, sim, mas somente para os trabalhadores dos respetivos locais.

Afinal, os bares podem funcionar já a partir de 1 de agosto

Desde que apliquem as regras dos restaurantes.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Yakuza Cascais – Aqui o sushi é mesmo diferente

Esqueçam os all you can eat desta vida e apostem em experiências inesquecíveis.

Roaming 5G da NOS funciona em 45 países

Em Portugal, a rede 5G da NOS está a chegar progressivamente a todo o país.

A Microsoft adquiriu a Activision-Blizzard e o catálogo da Xbox vai ficar maior

Em breve, Call of Duty, Overwatch, Diablo e World of Warcraft serão jogos produzidos sob a alçada da Xbox Game Studios.