Lisboa, Oeiras e Loures vão ficar “ligadas” através de um metro de superfície

O projeto, conhecido como LIOS, Linha Intermodal Sustentável, tera um investimento de 490 milhões de euros.

metro de superficie
Imagem meramente ilustrativa
- Publicidade -

Vai mesmo acontecer. Os municípios de Lisboa, Oeiras e Loures vão ficar ligados através de um metro ligeiro de superfície. O objetivo é assegurar uma ligação rápida e estruturante de transporte público pesado entre as respetivas zonas ribeirinhas e os principais interfaces em Lisboa, por forma a melhorar a conectividade dos seus territórios e implementar novos corredores de transporte coletivo assentes na extensão da linha de elétrico 15, atualmente explorada pela Carris.

O projeto permitirá a estruturação do território de Alcântara, Ajuda, Belém, Algés, Linda-a-Velha, e Cruz Quebrada/Dafundo, bem como o corredor Santa Apolónia – Gare do Oriente, e Gare do Oriente – Moscavide, Portela, Sacavém, criando ainda um corredor chave em toda a extensão da freguesia do Parque das Nações.

Este metro de superfície irá funcionar graças a uma nova linha que terá uma extensão de cerca de 24,4 km, ficando ligada com as linhas ribeirinhas, de elétrico e de comboio da Linha de Cascais e Linha do Norte, bem como a expansão da linha vermelha do Metropolitano de Lisboa em Alcântara.

O investimento estimado na infraestrutura, PMO (parque de material e oficinas) e material circulante é de 490 milhões de euros.

- Publicidade -

Sigam-nos

12,483FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
656SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Estado de Emergência. Eis as medidas para o Natal e passagem de ano

Basicamente, um prolongamento das medidas já em vigor.

Android Auto começa a chegar (de forma oficial) a Portugal

Em breve já não será preciso recorrer a plataformas alternativas para instalar a aplicação.