Greyhound vai chegar à Apple TV+ a 10 de julho

Greyhound devia ter estrear este mês nos cinemas, mas a pandemia de COVID-19 obrigou a uma alteração dos planos.

- Publicidade -

No passado mês de maio, o site Deadline começou por revelar que o filme Greyhound, baseado no livro de C.S. Forester, não iria estrear nos cinemas, mas sim transitar diretamente para o serviço de streaming Apple TV+.

Na altura, a notícia caiu que nem uma bomba, pois esperava-se que este épico marítimo passado durante a Segunda Guerra Mundial causasse sucesso nas salas de cinema. Mas como a pandemia de COVID-19 obrigou ao fecho das salas de cinemas um pouco por todo o mundo, a Sony Pictures optou por vender os direitos de exibição à Apple, num negócio que terá chegado aos 70 milhões de dólares.

Em maio, aquando deste anúncio, a Apple ainda não tinha revelado a data de estreia do filme no seu serviço de streaming. Pois bem, agora já sabemos quando tal irá acontecer.

Apontem na agenda: 10 de julho. É este o dia em que Greyhound chega àquele serviço, ficando disponível em mais de 100 países.

O filme, realizado por Aaron Schneider, é protagonizado por Tom Hanks, que escreveu também o argumento do filme, interpretando na película um comandante da Marinha durante a sua primeira missão em guerra, em plena Segunda Guerra Mundial.

No elenco, estão ainda nomes como Elisabeth Shue, Stephen Graham, Karl Glusman, Grayson Russell, Rob Morgan, Lee Norris, entre outros.

- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

Crítica – Greyhound

Tecnicamente, Greyhound é ótimo, mas a história e desenvolvimento de personagens deixam francamente a desejar.
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Pingo Doce chega pela primeira vez aos Açores

O sortido do espaço conta com muitos produtos regionais, fruto das parcerias feitas com 129 fornecedores dos Açores.

Continente abre primeira loja em Gouveia

Continua a expansão da marca da Sonae.

Lagoa dos Salgados será classificada como área protegida de âmbito nacional

Há 21 anos que, em Portugal, não era classificada nenhuma área protegida de interesse nacional.