Everything is New promove petição pública para salvar a indústria da música

Com a petição Let the Music Play, a promotora pretende apoios, prolongamento do lay off e um plano cronológico para que tudo volte a funcionar a 100%.

Let The Music Play - petição pública
- Publicidade -

“Numa altura em que a indústria da música enfrenta uma grave crise, precisamos ser ouvidos. Precisamos do apoio claro do governo.” É desta forma que a Everything is New, através do Facebook, dá a conhecer a petição pública Let The Music Play.

Numa altura em que o setor começa a funcionar aos poucos, mas com várias limitações/restrições, ainda não existe muita confiança por parte do público em regressar às salas. E sem assistências, empresas irão à falência, empregos serão perdidos, algumas salas não voltarão a abrir e alguns festivais podem mesmo nunca mais voltar. Além disso, existem milhares de trabalhadores independentes, bandas e músicos que vivem desta indústria.

Tendo em conta o cenário negro, a petição pública Let the Music Play é dirigida ao Presidente da República Portuguesa, ao Presidente da Assembleia da República de Portugal, ao Primeiro-Ministro de Portugal e à Presidente da Comissão Europeia, pedindo uma intervenção urgente e de fundo para alterar o curso deste destino que parece inevitável e irreversível.

A EIN definiu três medidas para salvar a indústria da música:

  • 1) Apoio financeiro directo para artistas, managers, agentes, empresas de audiovisuais, empresas de equipamentos para espectáculos, técnicos, riggers, stage hands, roadies, runners, produtores e assistentes de produção, promotores, salas de espectáculos e outros agentes da Indústria da Música;
  • 2) Definição de um plano cronológico, de uma data para que esta indústria possa voltar a funcionar a 100%;
  • 3) Prolongamento do lay off para os profissionais do sector, incluindo os sócios-gerentes e os trabalhadores independentes.

Se amam música e, acima de tudo, se estão solidários com toda esta gente que faz o país mexer, podem (e devem) assinar a petição, aqui.

Fonte:EIN
- Publicidade -

Parceiros

Relacionados

- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

Fórmula 1 – Grande Prémio de França com furos na estratégia da Mercedes

A Fórmula 1 voltou ao circuito Paul Ricard com a edição de 2021 do Grande Prémio de França e, se durante os treinos e qualificação, ficou a ideia que os Pirelli podiam sair furados novamente, afinal foi a estratégia da Mercedes que saiu feita em pedaços. No fim, quem festejou foi a Red Bull: vitória de Max Verstappen e 3º lugar para Sergio Pérez.

Mais antiga praça de touros de Portugal dará lugar a um centro cultural

O projeto é da Zaratan, uma associação de arte arte sediada em Lisboa.

Rede regional dos Açores vai ter nove novos percursos pedestres

Os municípios e juntas de freguesa têm agora 12 meses para implementar os traçados aprovados.