fbpx

Empark vai instalar postos de carregamento elétrico em 31 dos seus parques até 2022

É um investimento de três milhões de euros.

Empark

A Empark tem neste momento um total de 85 parques de estacionamento em Portugal. Pois bem, 31 deles vão receber postos de carregamento elétrico.

O projeto, avaliado em três milhões de euros, ficará concluído em 2022, sendo que a instalação irá ocorrer em parques distribuídos por 10 concelhos no país. Até ver, a empresa já inaugurou 33 postos de média tensão (até 31 amperes) em seis parques de estacionamento no eixo Central de Lisboa.

Os parques que agora oferecem postos de carregamento na capital são os de Campolide, Marquês de Pombal, Alexandre Herculano, Saldanha, Valbom e Berna, num investimento que se aproxima dos 250.000€.

O plano geral prevê equipar, até final da primeira metade de 2022, todos os 31 parques de estacionamento a um nível nacional, em mais nove concelhos, Porto, Albufeira, Amadora, Barreiro, Cascais, Fundão, Leiria, Portimão e Vila Nova de Gaia.

Até final de julho, serão instalados mais de 48 postos de carregamento em sete novos parques: Restauradores, Mercado da Ribeira, Av. de Roma, Campo dos Mártires da Pátria, Alves Redol (em Lisboa), Largo da Estação (em Cascais), e Brasília (no Porto).

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

EMEL deixa de cobrar parquímetros e Empark oferece estacionamento 24 horas por dia a quem tem avenças

Conhecendo a situação atual, são várias as empresas que passaram a disponibilizar serviços gratuitamente ou a não cobrar pelos mesmos. Desta vez falamos da EMEL, empresa municipal de estacionamento de Lisboa, que deixa de cobrar parquímetros até 9 de abril.
- Publicidade -

Mais Recentes

A Amazon lançou um novo Fire Stick e atualizou um dos já existentes

Mas há um problema: a Amazon não está a enviá-los para Portugal.

Bosch tem aquele que diz ser o teste de PCR mais rápido do mundo para o SARS-CoV-2

A partir de agora disponível na Europa, o teste aprovado pela CE ajuda a evitar o tempo em quarentena, dispensa laboratórios e torna as viagens e o trabalho mais seguros.