fbpx

Com o coronavírus, ações da Netflix nunca valeram tanto

A meio do mês de março, quando estados de emergência eram decretados pela primeira vez, o valor das ações desceu bastante. Mas a partir daí foi sempre a subir.

valor das

É certo e sabido que a pandemia de COVID-19 veio deixar meio mundo em suspenso. E, apesar disso ter trazido inúmeras consequências negativas para diversos setores do mercado, houve quem conseguisse lucrar. Falamos nomeadamente no mercado das ações.

Foquemo-nos no caso da Netflix. Se analisarmos alguns gráficos, conseguimos perceber que, a 16 de março, o valor das ações caiu para um valor como já não se via desde dezembro do ano passado. Não nos esqueçamos que foi por volta dessa altura que vários países decretavam estados de emergência, o que levou a que as pessoas ficassem confinadas em casa.

Porém, daqui acabou por surgir uma consequência positiva. Os conteúdos multimédia começaram a ser mais e mais consumidos, levando até a que a plataforma de streaming tomasse a decisão de baixar a qualidade de transmissão das suas séries e vídeos.

Porém, foi a partir do momento em que os utilizadores começaram a consumir mais conteúdos que as ações da Netflix voltaram a valorizar. Afinal de contas, mesmo com produções de séries e filmes parados ou suspensos, o consumo de multimédia fez com que o valor da plataforma aumentasse.

Por exemplo, o valor das ações atingiu um máximo de 454 dólares no passado dia 15 de maio, tendo entretanto descido novamente. Mas que é de salientar, é. São efeitos do novo coronavírus.

Benjamin Graham, grande analista de investimentos do século XX e mentor de Warren Buffett, chegou a referir que os investidores deveriam conformar-se com a possibilidade de as ações poderem desvalorizar pelo menos 33% uma vez a cada cinco anos.

No caso da netflix isso não aconteceu, muito pelo contrário. Por exemplo, em dezembro de 2017, as ações da Netflix valiam menos de 200 dólares. Hoje em dia podem chegar a valer mais de 400 dólares. Estamos a falar do dobro do valor, essencialmente.

O que é que isto quer dizer? Bom, os grandes acionistas que decidam vender as suas ações conseguirão um lucro considerável caso tenham adquirido ações da Netflix há alguns anos. Por outro lado, podem sempre mantê-las, na esperança que estas valorizem ainda mais.

Claro, tudo dependerá da Netflix. A gigante de streaming tem de continuar a investir milhares de milhões de euros em novas produções, sejam em novas séries ou novos filmes, se quiser continuar a ser valorizada. Não nos esqueçamos que a concorrência vai ser cada vez mais apertada.

A Disney+, serviço de streaming daquela empresa, tem vindo a expandir-se aos poucos para mais e mais países, pelo que, muito provavelmente, será uma concorrente de peso para a Netflix.

Já este mês é lançado o HBO Max, da WarnerMedia, e promete causar sensação. Uma expansão está prometida para os próximos meses, pelo que o serviço deverá chegar a vários países da Europa já em 2021.

Tudo isto para dizer que o mercado das ações é muito volátil, pelo que algo que aconteça irá refletir-se no valor de cada ação. Se, por acaso, são investidores independentes, tenham especial atenção a esta pandemia e tentem prever os seus efeitos num futuro próximo. Quem sabe não lucram como nunca antes conseguiram.

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,786FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
630SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

Análise – Tony Hawk’s Pro Skater 1+2

Tony Hawk Pro Skater 1+2 é o renascer de dois clássicos compilados num só jogo, prometendo diversão para muitas horas.

Chegou ao mercado a primeira cápsula biodegradável e compostável da Kaffa

Sabiam que 50% da gama KAFFA Biodegradável e Compostável é produzida com café biológico?

Continente está a desenvolver plataforma para combater o desperdício alimentar

O Continente será a primeira marca a nível europeu a deter uma plataforma digital de gestão de doações e venda (B2B) dos seus excedentes.
- Publicidade -

Mais Recentes

Análise – Tony Hawk’s Pro Skater 1+2

Tony Hawk Pro Skater 1+2 é o renascer de dois clássicos compilados num só jogo, prometendo diversão para muitas horas.

Chegou ao mercado a primeira cápsula biodegradável e compostável da Kaffa

Sabiam que 50% da gama KAFFA Biodegradável e Compostável é produzida com café biológico?