Auchan lança novo serviço que promete entregas de produtos entre dois a três dias úteis

O Auchan junta-se à concorrência e passa também a entregar uma seleção de produtos em 48 ou 72 horas.

desperdício nos hipermercados

Desde há algumas semanas que os super e hipermercados têm apostado em serviços que entregam produtos selecionados em apenas dois ou três dias. Agora, é a vez do Auchan também lançar um novo serviço de entrega de compras ao domicílio.

Chama-se Despensa à Porta e, basicamente, permite que os clientes recebam produtos de mercearia em pouquíssimo tempo.

Este é um serviço de entregas próprio, separado das restantes entregas ao domicílio. Quer isto dizer que somente alguns produtos estão aqui incluídos, como massa, bolachas, farinha, enlatados, água, vinho, papel higiénico, detergentes, champô, fraldas, papas para bebé, comida para animais e muito mais. São cerca de 400 artigos diferentes, sendo que não existe qualquer limite por encomenda.

Claro, se desejarem adquirir produtos frescos, como peixe, produtos de pastelaria ou congelados, aí terão mesmo de utilizar o serviço habitual do Auchan.

As entregas são feitas em qualquer zona de Portugal Continental, demorando entre dois a três dias úteis a chegar a casa do cliente.

Atenção, não é possível selecionar o dia e a hora de entrega das encomendas, mas sabemos que são entregues de segunda a sexta-feira, entre as 18h30 e as 18h30. Neste caso, o Auchan envia uma SMS quando a encomenda é expedida e outra SMS, esta no dia de entrega, a informar o intervalo horário em que a compra será entregue.

A taxa de entrega tem um custo de 5,90€, mas, e modo a que mais pessoas possam experimentar este serviço, o Auchan cobra 3,90€ pelo envio. Este preço promocional é somente válido até 15 de maio.

- Publicidade -

Sigam-nos

10,581FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
609SeguidoresSeguir

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes

Bruno Nogueira vai regressar à SIC em setembro

O último projeto do humorista com aquela estação foi o programa Som de Cristal, emitido em 2015.

Análise – Xiaomi Mi Box S

Fazer um upgrade de Smart TV ou comprar uma Mi Box S?