fbpx

Música: Álbuns essenciais (janeiro)

De Bombay Bicycle Club a Eminem, passando por Georgia ou Mac Miller, o primeiro mês do ano teve álbuns essenciais que não devem perder.

Janeiro já lá vai e as saudades são muitas! Foi um mês tão calmo para a música como foi para o quotidiano da população no geral. Fora isso, lembram-se dos lançamentos musicais que marcaram o primeiro mês do ano?

Deixo-vos uma seleção de álbuns com informação chave simplificada para presentear os vossos ouvidos e estado de espírito com nova música.

Alexander Savior – The Archer

Género: Alternativa/Pop

Link para o Spotify

À semelhança do primeiro álbum, The Archer tem tanto de melancólico como de bom. O single com o mesmo nome do álbum foi lançado em 2019 e trouxe consigo a promessa de um álbum de qualidade. Não desiludiu!

Músicas a ouvir:

  • Soft Currents
  • Howl
  • But You
  • The Archer

Classificação do álbum: ★★★★

A Girl Called Eddy – Been Around

A Girl Called Eddy - Been Around

Género: Soul/Pop

Link para o Spotify

Girl where you been“? Depois do álbum de estreia em 2004, que deixou qualquer fã de música com água na boca por ouvir mais de Erin Moran, A Girl Called Eddy está de volta ao fim de 15 anos e com sonoridades que merecem o perdão de quem tanto esperou. Fica a esperança que para o próximo trabalho não sejam precisos outros tantos anos.

Músicas a ouvir:

  • Been Around
  • Jody
  • Someone’s Gonna Break Your Heart
  • Two Hearts
  • Pale Blue Moon

Classificação do álbum: ★★★★½

Bill Fay – Countless Branches

Bill Fay - Countless Branches

Género: Folk/World

Link para o Spotify

Depois de um início de carreira atribulado que resultou num hiatus de 40 anos, Bill Fay prova, aos 77 anos de idade, que nunca é tarde demais, e lança o 2º álbum num curto espaço de tempo. À primeira vista parece um álbum simples, mas é bem mais do que isso, dado que, nos 40 anos afastado da música, nunca chegou a cortar relações com a sua paixão, tendo escrito centenas de músicas com base na vida normal que levou. Uma história diferente, mas bela, que deu origem a mais um álbum intemporal.

Músicas a ouvir:

  • In Human Hands
  • How Long, How Long
  • I Will Remain Here
  • Filled With Wonder Once Again
  • Love Will Remain
  • Tiny

Classificação do álbum: ★★★★

Bombay Bicycle Club – Everything Else Has Gone Wrong

Bombay Bicycle Club - Everything Else Has Gone Wrong

Género: Indie Pop/Indie Rock

Link para o Spotify

Depois de um curtíssimo hiatus pouco depois do lançamento do álbum So Long, See You Tomorrow, que foi o melhor da banda e dos melhores álbuns de 2014, a banda decidiu reunir e lançar música nova. Como álbum, não é o melhor trabalho até ao momento nem o mais consistente. No entanto, prima por estar cheio de nostalgia graças a várias influências de trabalhos antigos e tem ótimas individualidades.

Músicas a ouvir:

  • Is It Real
  • Everything Else Has Gone Wrong
  • I Can Hardly Speak
  • Good Day
  • Eat, Sleep, Wake (Nothing But You)

Classificação do álbum: ★★★★

Eminem – Music to be Murdered by

Eminem - Music to be Murdered by

Género: Rap

Link para o Spotify

Se este álbum tivesse sido lançado no início do milénio, não duvido que fosse um sucesso gigantesco, mas o mundo não está pronto para ter esta conversa.

Os “novos amantes de Rap” adaptaram-se ao Rap Moderno, que se baseia cada vez menos na qualidade e conteúdo das letras e mais na sonoridade. Com isto, fecharam as portas a rappers liricistas (como o caso do Eminem) que tentam adaptar-se às novas sonoridades, mantendo a identidade que os caracteriza.

Não é o melhor álbum, pecando no desequilíbrio quantidade/qualidade, mas não deixa de ser melhor do que o pintam. Nota para a música “Godzilla“; com o tema Eminem volta a quebrar recordes.

Músicas a ouvir:

  • Unaccommodating (feat. Young M.A)
  • You Got’ Learn (feat. Royce Da 5’9″ & White Gold)
  • Those Kinda Nights (feat. Ed Sheeran)
  • Godzilla (feat. Juice WRLD)
  • Darkness

Classificação do álbum: ★★★½

Georgia – Seeking Thrills

Georgia - Seeking Thrills

Género: Synth-Pop/Electropop

Link para o Spotify

She was Seeking Thrills and she found them! Após quase dois anos de teasing com ótimos singles, o tão esperado álbum de Georgia foi finalmente lançado e cumpre com as expetativas.

É certo que a artista tem os genes para vingar neste género musical, mas também é preciso ser-se sagaz para saber usar os recursos disponíveis. Georgia tem essa sagacidade.
Se nada mudar, a artista vem a Portugal em setembro (NOS Primavera Sound) e é um dos concertos essenciais que espero não perder.

Músicas a ouvir:

  • Started Out
  • About Work the Dancefloor
  • Never Let You Go
  • 24 Hours
  • Feel It
  • Honey Dripping Sky

Classificação do álbum: ★★★★★

Halsey – Manic

Halsey - Manic

Género: Pop

Link para o Spotify

Apesar de achar Halsey uma das melhores vozes do panorama Pop atual, confesso que não estava à espera de um trabalho tão conciso, daí a surpresa com a qualidade de Manic. É, sem dúvida alguma, o seu trabalho mais entusiasmante até à data: é intimista, carregado de sinceridade e sem filtros. Halsey deixa assim uma grande expetativa para o rumo que vai dar à sua carreira e o impacto que poderá vir a ter dentro do género, onde Ariana Grande e Taylor Swift têm sido exímias.

Músicas a ouvir:

  • Ashley
  • clementine
  • You should be sad
  • 3am
  • Finally // beautiful stranger

Classificação do álbum: ★★★★

J Hus – Big Conspiracy

J Hus - Big Conspiracy

Género: Rap/R&B

Link para o Spotify

Apenas ao segundo álbum, J Hus (de 23 anos) já é a maior promessa do Rap britânico. O primeiro álbum, Common Sense (2017), foi bastante aclamado e conseguiu chegar a nº6 do chart britânico.

Com Big Conspiracy, o nº1 já não fugiu e é um álbum essencial para os amantes de Rap. É magnífica a forma como a música do Reino Unido tem crescido nos últimos 10 anos, sendo o Rap (J Hus incluído) o principal responsável por esse crescimento.

Nota para as colaborações que este álbum teve, como por exemplo Burna Boy, Koffee ou Ella Mai, que produziram ótima música entre 2018 e 2019.

Músicas as Ouvir:

  • Big Conspiracy (feat. iceè tgm)
  • Triumph
  • Play Play (feat. Burna Boy)
  • Repeat (feat. Koffee)
  • Reckless
  • Must Be
  • One and Only (feat. Ella Mai)

Classificação do álbum: ★★★★★

Mac Miller – Circles

Mac Miller - Circles

Género: Rap

Link para o Spotify

Circles é daqueles álbuns que “custam” a ouvir. Dói saber que, independentemente da qualidade que possam ter, dificilmente vamos ouvir mais desse artista.

Para quem não sabe, Mac Miller partiu em 2018 (26 anos), pouco antes de começar a tour de Swimming Pools, o álbum mais consistente e consciente da sua carreira até então, considerado por muitos um dos melhores álbuns de 2018.

Mac Miller era um talento sem igual em constante aprendizagem e evolução e, em apenas sete anos de carreira, produziu 10 álbuns e três EPs, recheados de dezenas de êxitos. De “Knock Knock” a “Self Care”, passando por “Angels” ou “Watching Movies” (entre muitos outros êxitos), o mais impressionante foi ver Mac Miller a crescer com a música que produzia e perceber que a música sempre retribuiu o favor e foi crescendo com ele, ao longo de todas as fases da sua vida.

Aconselho darem uma chance à sua discografia que funciona na perfeição como documentário fiel à sua vida e cria o impacto necessário para ouvir Circles. Se o fizeram, vão ficar dotados de uma linha lógica de compreensão ao quão brilhante este foi, e perceber o quão magnífico é, dois anos depois, ainda ter material produzido para originar este álbum póstumo.

Músicas as ouvir:

  • Circles
  • Complicated
  • Blue World
  • Good News
  • I Can See
  • Everybody

Classificação do álbum: ★★★★½

No geral, janeiro teve poucos álbuns (como costuma ser normal todos os anos), mas, ainda assim, há trabalhos muito distintos e com bastante qualidade. Espero que esta seleção vos agrade. Em breve, a seleção de fevereiro estará disponível e garanto que vai trazer mais opções e variedade, sem descurar da qualidade.

Link para o artigo de álbuns essenciais de Fevereiro

- Publicidade -

Afiliados

Sigam-nos

10,779FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
629SeguidoresSeguir

Media Partner

Relacionados

- Publicidade -

Mais Recentes

Bosch tem aquele que diz ser o teste de PCR mais rápido do mundo para o SARS-CoV-2

A partir de agora disponível na Europa, o teste aprovado pela CE ajuda a evitar o tempo em quarentena, dispensa laboratórios e torna as viagens e o trabalho mais seguros.

CTT vão passar a entregar o Cartão de Cidadão em casa dos portugueses

Este é um projeto-piloto que arrancou, para já, somente no concelho de Oeiras.