7º Festival Espontâneo leva os melhores do improviso mundial a Sintra

Foi no passado dia 30 de janeiro que o Echo Boomer teve oportunidade de estar presente na apresentação oficial à imprensa de um dos maiores festivais europeus de Teatro Internacional de improviso. Chama-se Espontâneo, é um festival com origem em Portugal e tem vindo a crescer gradualmente de ano para ano.

Antes da apresentação, foi possível assistir a um ensaio aberto do espectáculo de improvisação teatral, “Ser ou Não Ser Shakespeare”. Este formato inspira-se no universo literário de William Shakespeare e pretende atribuir-lhe uma nova roupagem, mais ligeira, divertida e completamente improvisada. Tudo é criado no momento, a partir de uma simples sugestão do público.

Pouco depois desta amostra à imprensa, os atores da peça, também conhecidos como Instantâneos – constituídos por Março Graça, diretor artístico do Espontâneo, Ricardo Soares e Nuno Fradique -, além de Ignácio Lopez, dos ImproMadrid, dedicaram alguns minutos do seu tempo para explicar um pouco do conceito do festival, que aposta numa programação muito heterogénea ao receber espetáculos de artistas provenientes de Israel, Brasil, EUA e Espanha, além de Portugal.

“Duvido muito que o público não vá perceber as peças. As anteriores edições do Espontâneo revelam exatamente o contrário”, referiu Marco Graça, o mais falador nesta conversa. No entanto, para este ano, a organização optou por uma maior presença da língua portuguesa.

Questionado sobre se recebem muitas propostas de artistas internacionais, Marco Graça revelou ao Echo Boomer que tem dezenas de propostas em mão. “Estaria a mentir se dissesse que não tenho nomes para construir duas edições do Espontâneo”, concluiu o diretiro artístico.

Nesta edição, destaca-se o espetáculo do aclamado improvisador e comediante brasileiro Márcio Ballas, que apresenta pela primeira vez “Bagagem”, o seu espetáculo a solo, no qual falará do seu percurso pessoal.

O público terá ainda a oportunidade de assistir a ensembles improvisados com a participação de todos os improvisadores convidados para o festival e poderá participar em workshops de improviso para profissionais das artes e curiosos.

A 7ª edição do Espontâneo vai decorrer de 15 a 18 de fevereiro no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, e os bilhetes já estão à venda por 10€ para cada dia.

O Espontâneo, que está nomeado para os Iberian Festival Awards 2018 na categoria de melhor festival não musical, é promovido pelos Instantâneos e conta com o apoio essencial de várias instituições, como a Câmara Municipal de Sintra.


 

Deixa uma resposta

Introduz o teu comentário!
Introduz o teu nome

Sigam-nos

10,843FansCurti
4,064SeguidoresSeguir
632SeguidoresSeguir

Relacionados

Está a chegar a Sintra a 9ª edição do Espontâneo

Não é a primeira vez que falamos no Espontâneo por aqui, mas vale sempre a pena relembrar o evento, principalmente quando uma nova edição está prestes a realizar-se. É esse o caso.

Vem aí uma gala que junta os Commedia a La Carte com os brasileiros Barbixas

Fãs de comédia de improviso, esta é para vocês. É a 25 de novembro no Coliseu de Lisboa e a 26 e 27 de novembro no Coliseu do Porto que vai acontecer a Primeira 12ª Gala de Improvisação. Sim, o nome não faz muito sentido, mas foi mesmo propositado.

Cia. Barbixas regressam a Portugal para mais doses de improviso

Nos últimos dois anos, mais de 10 mil portugueses viram, com salas sempre esgotadas, o espetáculo Improvável, dos Cia....

Começa hoje a nova temporada de BecaBeca no Teatro Villaret

Os Improváveis (Marta Borges, Gonçalo Sítima, Pedro Borges), Diogo Faro e Fernando Alvim estão de regresso para mais uma volta...
- Publicidade -
- Publicidade -

Mais Recentes

ANACOM lança plataforma que permite saber onde existe melhor cobertura de rede móvel

Chama-se tem.REDE? e é uma iniciativa incluída no programa SIMPLEX.

Digimon Survive foi adiado para 2021

E não é a primeira vez que o futuro RPG é adiado.